VOLUNTÁRIOS EMBRACO PARTICIPAM DE AÇÕES AO REDOR DO MUNDO

Em setembro, Brasil, México, Itália e Eslováquia realizarão a ação. No mês de outubro, as atividades serão concentradas nos Estados Unidos e China.

 

Há 11 anos a Embraco, líder mundial no segmento de compressores herméticos para refrigeração, estimula que seus colaboradores no Brasil realizem ações voluntárias por meio do programa de voluntariado PROVE. Mas desde 2010, esse grupo ganha uma força extra nos meses de setembro e outubro com o Global Volunteer Day – evento que visa transformar a realidade das comunidades onde a empresa está inserida, por meio da construção e realização de um sonho desenhado pelos moradores da comunidade.

 

Em 2013, o Global Volunteer Day envolveu 619 voluntários que dedicaram 1.903 horas de trabalho e beneficiaram 1.600 pessoas em diferentes cidades espalhadas ao redor do mundo. Em 2014, os eventos serão realizados em setembro no Brasil (dias 12 e 13, em Joinville; e 17 e 18, em Itaiópolis), México, Itália e Eslováquia (dia 20); e em outubro nos Estados Unidos e China.

 

São os próprios beneficiados que dizem à Embraco e seus voluntários o que desejam. Para isso, a companhia utiliza a metodologia Oásis, que prevê um intenso trabalho de bastidores nos meses que antecedem o Global Volunteer Day. A equipe envolvida no projeto observa e escuta a comunidade, para desta maneira entender quais são as suas principais necessidades e avaliar os tipos de ações que podem ser realizadas, considerando o número de voluntários, suas habilidades e outras variáveis.

 

O Brasil é quem mobiliza o maior número de voluntários. Este ano, apenas em Joinville – SC, são esperados 120 voluntários para dedicar 480 horas em ações de revitalização da Escola Prefeito Luiz Gomes, do bairro Adhemar Garcia.

 

Paisagismo e jardinagem; horta em formato de mandala para uso pedagógico; revitalização do parque infantil e estacionamento; pintura nas fachadas externas, ambientes internos, muros, portões, guarita, corrimãos nas escadas e traves das quadras (aberta e ginásio) são algumas das atividades que serão realizadas para beneficiar quase mil alunos.

 

Para mobilizar funcionários que gostam de ajudar, mas não têm oportunidade de realizar de forma regular, a Embraco realiza um trabalho chamado de engajamento lateral no qual, os participantes regulares do PROVE estimulam e convidam amigos e colegas a participar do Global Volunteer Day.

 

“Entendemos que o voluntariado efetivamente transforma, já que nossos profissionais voluntários encontram uma oportunidade de trabalhar de fato suas motivações pessoais e crenças no melhor futuro das pessoas que nos cercam”, destaca Ursula Angeli, vice-presidente de Sustentabilidade, Comunicação, Recursos Humanos, Relações Institucionais e Saúde, Segurança e Meio Ambiente.

 

Em 2013, a Embraco realizou uma pesquisa junto aos envolvidos no Global Volunteer Day que apontou a satisfação de 92% das pessoas das comunidades beneficiadas e de 94% dos voluntários. A iniciativa está alinhada ao pilar estratégico de Sustentabilidade da empresa, onde uma das frentes tem o objetivo de desenvolver ações nas comunidades em que a Embraco possui operações.

 

Curiosidades

 

-Brasileiros, mexicanos e italianos valorizam mais ações junto a escolas e crianças. Nos três países, as atividades solicitadas pelas comunidades são relacionadas a revitalização de parquinhos, jardins e áreas comuns de escolas infantis.

 

– Na Eslováquia, 60 voluntários deverão dedicar 530 horas para limpar e renovar uma área de fonte natural de água, localizada no parque nacional Slovak Paradise, na cidade de Spisska Nová Ves. O objetivo é tornar o lugar atraente e agradável para os 3.400 visitantes que frequentam o parque a cada ano. Em 2013, os eslovacos já haviam reparado um cemitério simbólico localizado no topo de uma das montanhas do parque, em homenagem às pessoas que morreram escalando o local.

 

– Na China, as atividades culturais é que mais mobilizam os voluntários. Este ano, eles deverão realizar pinturas decorativas nas paredes da escola de ensino médio Dandelion Middle School, na comunidade de Mulan. No ano passado, eles organizaram a biblioteca local e fizeram sinalizações para indicar a localização dos pontos mais importantes.

 

– Em 2013, a Embraco planejou e executou diversos projetos sociais que contribuíram para o bem-estar de 33.862 pessoas. Neste período, a empresa investiu US$ 566.944,00, oferecendo 8.970 horas de trabalho comunitário em 30 ações diferentes. No Brasil, a Embraco possui o Global Volunteer Day, o programa de voluntariado interno – PROVE, o Prêmio Embraco de Ecologia, que está em sua 22ª edição e o Programa de Educação Ambiental, focado no desenvolvimento dos temas educação e meio ambiente nas escolas.

 

Dados sobre voluntariado

 

– De acordo com Centro de Voluntariado de São Paulo – organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que atua desde 1997 e faz parte de uma grande rede de centros de voluntariado em todo o Brasil – 25% da população brasileira, com mais de 16 anos, faz trabalho voluntário, sendo 53% mulheres e 47% homens. A principal motivação para os brasileiros realizarem trabalhos voluntários é ser solidário e ajudar os outros (67%).

 

– Segundo o World Giving Index, índice organizado pela Charities Aid Foundation – CAF, o Brasil está entre os 10 países com o maior número de voluntários, ocupando a nona colocação. O país que mobiliza o maior número de voluntários no mundo é a Índia, seguido dos Estados Unidos e Indonésia. A China está em quarto lugar e o México em sétimo.

 

– O World Giving Index é baseado em pesquisas realizadas em 135 países pelo instituto Gallup World Pool e publicado desde 2005/06. Ele considera três critérios para avaliação: o percentual de pessoas que doam dinheiro para caridade, que trabalham como voluntários ou que ajudam um estranho em um mês determinado. O último World Giving Index foi divulgado em dezembro de 2013 e refere-se a dados de 2012.

 

Abaixo alguns destaques:

 

– No ranking geral de generosidade, o Estados Unidos ocupa o topo do ranking, seguido do Canadá, Myanmar, Nova Zelândia e Irlanda.

 

– Desde 2011, o maior aumento da participação em ações de voluntariado tem sido entre 15-24 anos (de 18,4% em 2011 para 20,6% em 2012). Nos últimos cinco anos, essa faixa etária passou de menos propensos a se voluntariar para o segundo mais provável para ser voluntário.

 

– Os americanos estavam mais propensos a ajudar estranhos do que qualquer outra nacionalidade em 2012 (77%), e o país também possui o terceiro maior número de pessoas que fazem isso. O Qatar teve a segunda maior proporção de pessoas ajudando um estranho (73%), seguido pelo Estado da Líbia (72%), Colômbia (70%) e Senegal (68%).

 

– A China encabeça a lista para o maior número de pessoas ajudando estranhos devido à sua grande população. Mais de 373 milhões de pessoas ajudaram um estranho em um mês típico, em 2012.

 

Referências

 

Charities Aid Foundation -CAF – World Giving Index https://www.cafonline.org/publications/2013-publications/world-giving-index-2013.aspx

 

Centro de Voluntariado de São Paulo – Relatório Primeiro semestre 2014

 

http://www.voluntariado.org.br/sms/files/Relat%C3%B3rio%20Primeiro%20Semestre%20de%202014%20.pdf

 

http://revistageracaosustentavel.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.