Uma parceria que deu certo

 

A importância da parceria do governo federal com movimentos sociais em favor da regularização ambiental foi destacada pelo secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Paulo Guilherme Cabral, na manhã desta quinta-feira (16/08) durante a abertura da Oficina Adequação Ambiental de Propriedades da Agricultura Familiar.

 

 

A oficina acontece até dia 17/08, no Centro de Treinamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Centre/IBAMA, no Setor de Autarquias Sul, em Brasília.

 

O objetivo do encontro é promover atividades de capacitação nos temas relacionados à agricultura familiar, educação ambiental e regularização de propriedades rurais.

 

“O Programa Mais Ambiente, que institui o Cadastro Ambiental Rural, veio de demanda do Grito da Terra de 2007″, disse o secretário.

 

Desde a criação do programa, essa parceria só vem sendo fortalecida pela importância da agenda e representação dos agricultores familiares no atual cenário, de forma a auxiliar na formulação de políticas públicas e garantir que a regularização ambiental chegue a todas as regiões brasileiras.

 

 

“Esses encontros destacam, ainda, o papel do homem do campo no sucesso de ações como esta”, acrescentou.

 

 

MULTIPLICADORES

 

 

A oficina faz parte da série de eventos que o Ministério do Meio Ambiente, por meio das secretarias de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável – SEDR e Articulação Institucional e Cidadania Ambiental – SAIC, está promovendo para a formação de multiplicadores do Programa Mais Ambiente e do Cadastro Ambiental Rural – CAR.

 

 

Nessa etapa, os participantes são representantes da agricultura familiar, com representação da Associação Nacional da Agricultura Camponesa – ANAC.

 

Com a participação de membros das secretarias de Agricultura e Meio Ambiente dos Estados e lideranças de agricultores familiares, a expectativa é que sejam formados cerca de 30 multiplicadores no encontro.

 

 

Durante as atividades da Oficina será apresentado aos representantes da ANAC o Programa Mais Ambiente, objetivos e estratégias e desafios para promover a regularização ambiental nos imóveis rurais e o fortalecimento da gestão ambiental rural no plano nacional, além dos instrumentos e arranjos institucionais, etapas e metas previstas para a execução das ações.

 

 

Também será promovido um trabalho em grupo para compartilhar o entendimento sobre educação ambiental e seu papel para a regularização ambiental das propriedades rurais e o desenvolvimento rural sustentável.

 

 

Mais informações sobre a Oficina Adequação Ambiental de Propriedades da Agricultura Familiar no telefone:  (61) 2028-1763

 

Da Assessoria de Comunicação do MMA.

 

www.amarnatureza.org.br

 

agosto de 2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.