UHE Belo Monte alcança novo marco com a montagem do rotor do gerador

 

A Usina Hidrelétrica alcançou em 24/10, importante marco para a montagem eletromecânica, com a descida do rotor do gerador no poço da primeira Unidade Geradora (UG 01) da Casa de Força Principal.

Em funcionamento, o rotor terá uma rotação nominal de 86 voltas por minuto, produzindo uma tensão de 18kV, com potência de 611 MW captada pela força do eixo da turbina que será movimentada pelas águas do rio Xingu.

O equipamento, fabricado pela Alstom em Taubaté – SP, precisou de cerca de 6 meses para ser montado no canteiro de Belo Monte.

O rotor do gerador é a maior peça, em peso, da Unidade Geradora 01, com 1.200 toneladas, 2,5 metros de altura e 18,7 metros de diâmetro.

Para a realização do transporte do rotor da área de montagem, até o poço da unidade geradora, foi necessária a utilização de 2 pontes rolantes, cada uma com capacidade de 800 toneladas.

A operação durou duas horas e as duas pontes trabalharam de forma acopladas, ou seja, com um comando único.

Em Em Em Emfuncionamento, o rotor terá uma rotação nominal de 86 voltas por minuto, produzindo uma tensão de 18kV, com potência de 611 MW captada pela força do eixo da turbina que será movimentada pelas águas do rio Xingu.

O equipamento, fabricado pela Alstom em Taubaté – SP, precisou de cerca de 6 meses para ser montado no canteiro de Belo Monte.

O rotor do gerador fica localizado na parte superior do conjunto girante, formado pelo rotor da turbina (parte inferior) e eixo da turbina, parte intermediária, dotado de um circuito magnético e polos que fazem o papel de grandes ímãs.

O conjunto do gerador divide-se, sinteticamente, em duas partes: uma fixa (estator) e outra móvel (rotor), que ao receber a energia mecânica, transmitida pelo eixo da turbina e gira o rotor dentro do estator. O resultado dessa fricção é a criação de um campo magnético, gerando energia elétrica.

Em construção pela Norte Energia, Belo Monte está com 87% das obras civis concluídas.

Quando estiver em plena operação, em 2019, a maior hidrelétrica genuinamente brasileira terá capacidade instalada de 11.233,1 MW, distribuídos em duas casas de força: a Principal, no Sítio Belo Monte, com capacidade instalada de 11 mil MW, e a Complementar, no Sítio Pimental, com 233,1 MW.

A energia gerada beneficiará cerca de 60 milhões de brasileiros, em 17 Estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.