Samarco pede novo adiamento

Samarco pede novo adiamento de depósito de R$ 2 bilhões para fundo de recuperação da bacia do Rio Doce.

 

A  Samarco, a Vale e a BHP Billiton pediram à Justiça o adiamento do prazo para fazer um depósito de R$ 2 bilhões no fundo para a recuperação ambiental e social da bacia do Rio Doce, devastada pela lama liberada com o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana … Ler mais

Leia mais

Primeiros resultados sobre água da bacia do Rio Doce são revelados

Relatório preliminar com a análise da qualidade da água e de sedimentos na área afetada pela lama registra índices de manganês, arsênio e chumbo muito acima do permitido.
Com o rompimento da barragem da mineradora Samarco em Mariana – MG,  no dia  5 de novembro de 2015, o mar de lama também carreou diversas informações desencontradas sobre a composição dos rejeitos e os potenciais impactos da lama sobre os ecosistemas
Ler mais
Leia mais
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.