São Paulo ganha escola britânica focada em arte e economia criativa

 

ebac-ecod.jpg

 

Os brasileiros têm a criatividade praticamente enraizada em seu DNA, que é um misto de ousadia, curiosidade, força de vontade e gambiarra.

Não à toa o país é um dos lugares onde a economia criativa está em ascensão e, para ajudar a desenvolver estas mentes brilhantes, a Escola Britânica de Artes Criativas (Ebac) chega a São Paulo.

O centro educacional estará bem acomodado na Vila Madalena, um bairro que se destaca pelo lado descolado e criativo. O edifício batizado de LAB é assinado pelo arquiteto Isay Weinfeld e construído através da Idea!Zarvos.

As futuras instalações contam com janelas enormes e um terraço com vista para o entorno.

“Esta é uma economia que agrega valor. Precisamos estimular cada vez mais e mais este setor, do criar, do pensar. Esta é não somente uma necessidade no Brasil, mas um desejo dos jovens”, discursou o empresário Rafael Steinhauser, que junto com o empreendedor russo Alex Avramov e o diretor-presidente da EBAC, Maurício Tortosa, forma o time que comandará a escola.

Segundo o IBGE, a contribuição formal dos setores criativos ao PIB do Brasil em 2010 foi de R$ 104,37 bilhões ou 2,84% do PIB brasileiro

A abertura oficial acontece só em agosto de 2016, mas já está rolando um processo seletivo para cursos livres e técnicos como Design Gráfico, Ilustração, Direção de Arte Digital, além de prometer alguns inéditos no Brasil como “Architectural Visualization” – Visualização de Projetos de Arquitetura  e “Mobile Application Design” – Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis.

A instituição também terá cursos de graduação com direito a diploma, válido em toda a União Europeia e Estados Unidos, da Universidade de Hertfordshire de Londres.

Ela é uma das maiores do Reino Unido e recentemente recebeu o prêmio de “Universidade Empreendedora do Ano”, concedido pela publicação inglesa Times Higher Education.

Assim sendo, todos os cursos de nível superior terão aulas ministradas em inglês.

 

ebacinterna-ecod.jpg

 

Mas, antes de mais nada, o acesso não é tão simples. O processo seletivo criterioso está dentro dos moldes britânicos, incluindo avaliação de histórico escolar e entrevistas com pais e alunos.

Por meio de parceria com iniciativas públicas e privadas, a EBAC também quer incluir programas de bolsas de estudo, custeando não só as aulas, mas o material e o deslocamento do estudante.

“Nossa preocupação também é não nos convertermos numa escola de elite. Queremos que uma porcentagem de alunos seja bolsista e tenha acesso às mesmas oportunidades e ensino que os pagantes”, explicou Steinhauser.

Com a economia criativa em constante crescimento, é importante que lugares como este se propaguem a fim de ajudar os criativos a desenvolverem suas ideias e aptidões.

Segundo o IBGE, a contribuição formal dos setores criativos ao PIB do Brasil em 2010 foi de R$ 104,37 bilhões ou 2,84% do PIB brasileiro.

Os dados do Ministério do Trabalho apontam que hoje existem mais de 1 milhão de brasileiros empregados nos setores criativos, com um crescimento de mais de 90% nos últimos 10 anos.

Outro fator observado é que o jovem inovador acaba saindo do Brasil para estudar em países como o Reino Unido. Segundo Tortosa, mais de 5,5 mil jovens saíram daqui rumo a Inglaterra em busca de melhor qualidade de ensino nos últimos dois anos.

A dúvida que fica no ar é se estes novos talentos voltam para cá formados, com o intuito de fortalecer um mercado mais desenvolvido, estável e inovador.

“Eles têm uma vida pela frente. Nosso grande desafio é desenvolver e reter esses talentos aqui. A educação de qualidade mundial é um dos caminhos prioritários para levar o Brasil a um estágio de desenvolvimento mais avançado”, exaltou.

 

EBAC – Escola Britânica de Artes Criativas
Rua Mourato Coelho, 1404 – Vila Madalena
Site: www.ebac.art.br
Tel. (11) 2645-4164
E-mail: info@ebac.art.br

 

Por Brunella Nunes, do Hypeness

http://www.ecodesenvolvimento.org/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.