RJ: Seminário ‘ÁGUA, MOBILIZAÇÃO E COMUNIDADE’, 26/03/2013

PACTO DE RESGATE AMBIENTAL – “Por uma bacia hidrográfica sustentável”

 

O ano de 2013 foi escolhido pela Organização das Nações Unidas – ONU como o Ano Internacional de Cooperação pela Água.

 

Apesar da Terra ser constituída por 70% de água, somente 2% deste recurso é disponível para o consumo.

 

Aproximadamente 11% da população mundial não tem acesso à água potável. Nesse inicio do século XXI, os problemas ambientais surgem como uma ameaça concreta para o futuro do planeta. Apesar da água ser essencial para a sobrevivência dos seres vivos, a sua falta já assola diversas espécies e mais de um bilhão de pessoas, como informa a ONU.

 

A tendência é que o cenário ainda piore com as mudanças climáticas, aquecimento global, crise alimentar, esgotamento dos recursos naturais, lixo, grandes secas, falta de saneamento, poluição, refugiados ambientais etc….

 

Diversos especialistas apontam à escassez da água como um dos maiores flagelos a serem enfrentados pela humanidade nos próximos anos.

 

Desse modo, se não houver ações preventivas em relação à proteção e conservação dos recursos hídricos, o mundo certamente vivenciará novos graves conflitos e guerras pela posse da água potável.

 

O dia 22 de março ficou instituído como O DIA INTERNACIONAL DA ÁGUA.

 

O INSTITUTO LAGOA VIVA ,  membro do Subcomitê de Jacarepaguá e do Conselho Gestor do Parque Estadual da Pedra Branca e a sua principal iniciativa local o Movimento Evolutivo PACTO DE RESGATE AMBIENTAL, que prioritariamente luta pela revitalização e conservação permanente da bacia hidrográfica da Barra da Tijuca/Jacarepaguá, junto a ACIBARRA, ACIJA, ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA DA BARRA (AIB), ABPF, Comissão de Meio Ambiente da OAB -Barra da Tijuca, FIJ e diversos utros parceiros apresentam.

 

O XII SEMINÁRIO CELEBRANDO O DIA MUNDIAL DA ÁGUA:  “ÁGUA, MOBILIZAÇÃO E COMUNIDADE”

 

SEMINÁRIO FRANQUEADO MEDIANTE INSCRIÇÃO PRÉVIA – 150 vagas

 

A recuperação e conservação dos corpos hídricos e da disponibilidade de água são, hoje, questões fundamentais, especialmente no nosso território, onde o crescimento populacional e o elevado grau de impermeabilização interferem no ciclo hidrológico, na vazão das águas da chuva e na drenagem.

 

“E o objetivo do Seminário é exatamente para discutirmos essas questões com os representantes do poder público, empresariado, universitários, professores, pesquisadores e lideranças da comunidade local, através de profunda e diversificada reflexão, sempre motivando práticas pró-ativas, onde palestrantes, voluntários, interessados e convidados poderão interagir, trocar,  disseminar  informações e catalisar experiências.

 

Assim, nos tornarmos mais conscientes e participativos, gerando motivações, certezas e concretizações, todas voltadas para o cuidado de um recurso cada vez mais escasso, cuja conservação é responsabilidade de todos, evitando a poluição, o desperdício e o uso desnecessário dos bens e dos recursos naturais”, destaca Donato Velloso, Presidente do Instituto Lagoa Viva .

 

No encontro haverá a apresentação do panorama atual da região da Barra da Tijuca e de todo seu entorno : intervenções para saneamento e abastecimento  e legislação de recursos hídricos e avançaremos para o fortalecimento definitivo deste difícil processo de efetiva legitimidade do nossos recém-instituído Subcomitê de Jacarepaguá.

 

Para o Lagoa Viva é fundamental que aconteçam estes “Momentos” de palestras e dinâmicas presenciais, oportunidade de melhor conhecimento  deste novo ente deliberativo, fundamentado na legislação de recursos hídricos, que possibilita a pratica uma gestão democrática e participativa, elaborada de acordo com os anseios da comunidade local, para uma gestão eficaz dos recursos hídricos da nossa sub-bacia hidrográfica.

 

PROGRAMAÇÃO

 

13:30h:Pronunciamento da Diretora do IRD Dejanira da Costa Lauria

 

13:40h: Apresentação LAGOAVIVA

 

13:50h:Vídeo ” CARTA ESCRITA NO ANO DE 2070

 

14:00h – Palestra de Abertura: “CONJUNTURA DOS RECURSOS HÍDRICOS NO BRASIL” :

ALEXANDRE LIMA DE F. TEIXEIRA GERENTE DE CONJUNTURA DOS RECURSOS HÍDRICOS – SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO DE RECUROS HÍDRICOS -Agencia Nacional de Aguás  – ANA.

 

14:30h:Primeiro Painel Temático “AS NOVAS INTERVENÇÕES PARA MELHORIA DAS CONDIÇÕES AMBIENTAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DA BARRA DA TIJUCA/JACAREPAGUÁ. COORDENADORA:

 

Dra. Christianne Bernardo – Pres. da Comissão de Direito Ambiental da OAB/Barra da Tijuca. Wagner Victer – Presidente da CEDAE), Antonio da Hora(Subsecretário do Ambiente-SEA-RJ.

 

15:30h: Intervalo para Coffee-Break

 

15:50h: Segundo Painel Temático“SUBCOMITÊ de JACAREPAGUÁ, A NOVA GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS PARA NOSSA BACIA HIDROGRÁFICA” COORDENADORA – Dra. Luiza Cristina Krau de Oliveira ( Pres. do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH/ INEA / Governo do Estado do Rio de Janeiro) Painéis com::

 

Alexandre De Bonis – Coordenador de Recursos Hídricos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio do Município do Rio de Janeiro (SMAC), Henrique Cortez (Portal ECODEBATE) –  David Zee* – UERJ e CCB CERH-(RJ).

 

Comissão provisória de organização, comunicação, registros, sistematização e desdobramentos:  Eng. Biólogos Luiz Carlos Gomes do Couto e Sanio Paulo Cardoso,   Marco Velloso – CCJ,  Renato  Velloso, , Maria Luiza Velloso, Carlos Alberto Costa e Denise Machado.

 

Coordenador geral: Donato Velloso

Tels.: – 21 – 8728-0430    //   2493-5796

E-mails: lagoaviva@ig.com.br     –    donato@pactoderesgateambiental.org

 

SEMINÁRIO FRANQUEADO MEDIANTE INSCRIÇÃO PRÉVIA  – 150 vagas

 

Contaremos como convidados, síndicos, universitários,professores, entidades representativas, lideranças das comunidades ribeirinhas da nossa bacia hidrográfica.

 

Relação dos membros do Subcomitê de Jacarepaguá p/ gestão dos Recursos Hídricos da Barra da Tijuca/Jacarepaguá, convidados e confirmados.

 

O  IRD

 

O Instituto de Radioproteção e Dosimetria – IRD ,  uma instituição de pesquisa, desenvolvimento e ensino na área de radioproteção, dosimetria e metrologia das radiações ionizantes.

 

Ligado à Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento da Comissão Nacional de Energia Nuclear – CNEN, atua em colaboração com universidades, agências governamentais e indústrias para garantir o uso  seguro das radiações ionizantes e da tecnologia nuclear.

 

Suas atividades de pesquisa, apoio técnico e prestação de serviço têm permitido desenvolver novas tecnologias e implementar soluções para que os benefícios do uso das radiações ionizantes cheguem com segurança a um número cada vez maior de brasileiros.

 

Cerca de 260 profissionais trabalham para que pesquisas, desenvolvimento tecnológico e inovação beneficiem indústrias, instalações médicas, centros de pesquisa e outros segmentos, contribuindo, principalmente, para garantir a segurança da população, dos trabalhadores do setor e do meio ambiente.

 

OBJETIVOS PERMANENTES

 

Realizar pesquisas científicas e desenvolver tecnologias nas áreas de radioproteção, dosimetria e     metrologia das radiações ionizantes;

 

Disseminar boas práticas e conhecimento relacionados á radioproteção;

 

Padronizar; Manter e disseminar as grandezas do sistema internacional, referentes às medidas das radiações ionizantes;

 

Manter uma equipe treinada e integrada para resposta, a nível nacional, às eventuais emergências nucleares e radiológicas;

 

Dar suporte á segurança de grandes eventos, no que diz respeito á segurança radiológica;

 

Promover atividades de ensino e capacitação nas áreas de radioproteção, dosimetria.

 

 

Local do evento: Auditório do Instituto de Radioproteção e Dosimetria –  IRD –

http://www.ird.gov.br/

– Na Av. Salvador Allende s/nº – Recreio dos Bandeirantes

Data: 26 de março, das 13:30h até às 17h.

 

Donato Velloso – Presidente Instituto Ecológico Lagoa Viva

www.pactoderesgateambiental.org

 

EcoDebate, 25/03/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.