Reflexões sobre a Colômbia.

Reflexões sobre a Colômbia.

Os países da América Latina ao mesmo tempo em que possuem muitas coisas em comum, possuem também algo que no imaginário faz com que as pessoas pensem sobre um determinado lugar, cidade ou povo de uma forma estigmatizada ou até mesmo um contexto histórico que envolve questões que não são conhecidas do público.

Quando um país da América Latina é citado, inúmeros estereótipos são imaginados. Por exemplo: Argentina sempre tem sido imaginada a partir da lógica que envolve o tango, Juan Domingo Perón, sua esposa Evita e Maradona, enquanto o Brasil é imaginado a partir da lógica que envolve o samba, futebol, Pelé, miscigenação e carnaval.

E quando um país a exemplo da Colômbia é citado, como é imaginado dentro do imaginário das pessoas?

A Colômbia durante muito tempo tem sido estigmatizada como a maioria dos países da América Latina por uma questão que envolve o seu conflito interno e o narcotráfico (problema comum a todos os países do mundo).

Apesar de todo o estigma e estereotipo sobre a Colômbia, o país segue na solução dos seus problemas mais urgentes com a solidariedade e força de seu povo, o que constrói uma relação aberta com os estrangeiros a ponto de ver o “outro” como seu semelhante, procurando orientá-lo de forma franca sobre a situação do país.

Bogotá em nada se parece com a cidade vista no filme “Sr e Sra Smith” estrelado por Brad Pitt, Angelina Jolie e Vince Vaugh, uma vez que representa uma visão de mundo “americanizada” e “Hollywoodiana” sobre América Latina e em especial sobre o conflito Colombiano. A representação da falta de hospitalidade com os visitantes e estrangeiros por parte de autoridades policiais, entre outras questões que vão desde a localização geográfica da cidade de Bogotá (que fica na Cordilheira Oriental dos Andes e não na selva Amazônica) como visto no filme.

Bogotá é uma cidade que chama atenção por suas avenidas largas e movimentadas, o que lembra bastante São Paulo e Brasília. O “Transmilênio” é o meio de transporte público mais utilizado em Bogotá, modelo de ônibus inspirado no RIT (Rede Integrada de Transportes) da cidade de Curitiba, o que mostra uma visão orientada para as experiências bem sucedidas no Brasil, a exemplo do que são as Bibliotecas Parques para a Colômbia.

Por fim, a Colômbia tem se mostrado bastante preocupada em obter o reconhecimento de que sua situação está melhorando perante os demais países, que a solução para o seu conflito interno e questões sociais estão recebendo a devida atenção por parte das autoridades competentes.

“En mi tierra sonamos con una Colombia llena de amor, paz, esperanza, honesta, respetuosa, alegre, tolerante, solidária y feliz.”

Rodrigo Cássio Marinho da Silva, Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais pela Uerj.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.