Programa de educação ambiental incentiva prática do descarte adequado de resíduos pós-consumo em escolas de todo o país

Cerca de mil escolas  do entorno das unidades de recebimento de embalagens vazias de  defensivos agrícolas, em 14 estados, aderiram ao Programa de Educação  Ambiental Campo Limpo.

 

Criado pelo o INPEV – Instituto que representa a  indústria fabricante de agrotóxicos para a destinação das embalagens  vazias de seus produtos, e centrais de recebimento , ele chega em sua  terceira edição.

 

A iniciativa tem como objetivo o apoio às instituições  de ensino na complementação de conteúdos curriculares com temas  relacionados ao meio ambiente e alinhados às  recomendações dos  Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN.

 

No total,  são mais de 3.800 salas de aulas inscritas. Para essas escolas, foram  distribuídos cerca de 2.600 kits pedagógicos especialmente desenvolvidos  para aplicação aos alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental com  abordagem multidisciplinar.

 

As  novidades deste ano vêm nos kits. Além de serem compostos por caderno  do professor com uma proposta de atividade prática com foco na coleta de  resíduos, eles também trazem um material ludo educativo de apoio para  sala de aula: o gibi “Turma da Reciclagem”.

 

Os quadrinhos têm  personagens que demonstram como as embalagens podem ser descartadas  corretamente.

 

Os alunos das  escolas envolvidas podem participar da 8ª edição dos concursos de  desenho e redação, com etapa local e nacional, realizados em virtude do  Dia Nacional do Campo Limpo.

 

Nesse ano, os respectivos temas são: O meio  ambiente e o bem estar no campo e Minhas atitudes para transformar o  planeta em um lugar melhor para viver.

 

Dez finalistas serão selecionados  na etapa nacional dos concursos, sendo que autores, professores e  escolas dos três primeiros colocados serão premiados.

 

Segundo  João Cesar M. Rando, Diretor Presidente do INPEV, a iniciativa além de  ser um excelente recurso para disseminar práticas de consumo consciente  entre os alunos e suas famílias, intensifica o compromisso  socioambiental de todos os integrantes do sistema de logística reversa  de embalagens vazias de defensivos agrícolas, que é uma referência no  setor.

 

Sobre o INPEV

 

O  INPEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, é uma  entidade sem fins lucrativos criada pela indústria fabricante de  agrotóxicos para realizar a gestão pós-consumo das embalagens vazias de  seus produtos de acordo com a Lei Federal nº 9.974/2000 e o Decreto  Federal nº 4.074/2002.

 

A legislação atribui a cada elo da cadeia, como agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder  público,  responsabilidades compartilhadas que possibilitam o  funcionamento do Sistema Campo Limpo, como logística reversa de embalagens  vazias de agrotóxicos.

 

O Instituto foi fundado em  14 de dezembro de 2001 e entrou em funcionamento em março de 2002.  Atualmente, possui 94 empresas e dez entidades em seu quadro  associativo.

 

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site

www.inpev.org.br

 

Informações para a imprensa:   LVBA Comunicação

Priscila Cunha – priscila.cunha@lvba.com.br – Tel.: (11) 3039-0679

Valéria Allegrini – valeria.allegrini@lvba.com.br – Tel.: (11) 3039-0661

www.revistaecoturismo.com.br

Setembro/2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.