NOTA INB

A INB Informa que o comboio que levava 12 contêineres com 178 toneladas de concentrado de urânio – de Caetité até o porto de Salvador, encontra-se em Feira de Santana e deverá retornar à INB em Caetité pelas seguintes razões:
· A empresa RSB Logistic (contratada pela INB) ficou responsável pelo afretamento do navio Mv Sea Bird para o transporte de Salvador para Hamburgo até o destino final em Malvesí, França.

· A RSB assegurou possuir todas as licenças necessárias para a execução do transporte. Desta forma foi agendado o embarque em Salvador para 12 de Julho de 2012.

· Entretanto, no dia 12 de Julho após a saída da carga de Caetité, e transcorrido mais da metade do percurso até Salvador, a INB foi notificada pelo Ministério da Ecologia e do Desenvolvimento Sustentável e da Energia da França que o material só poderia ser transportado se a empresa transportadora informasse a realização da operação com 15 dias antes da saída da carga do porto de origem, o que não aconteceu.

· A RSB Logistic alegou que na sua interpretação, e na de toda a indústria, o prazo para a notificação seria de 15 dias antes da chegada de material em território francês. A Empresa informou à INB ter notificado a autoridade francesa no dia 5 de julho, o que segundo sua interpretação, atenderia todas as exigências da lei francesa.

Para evitar transtornos na logística do porto de Salvador, a INB decidiu reter o carregamento em local seguro – nas dependências da quartel da Polícia Militar, na cidade de Feira de Santana – até que a empresa contratada (RBS) resolvesse as questões burocráticas.
Considerando que, na melhor das hipóteses, a licença será liberada no dia 20/07 a INB optou por retornar com o material a sua origem para mandá-lo para França assim que resolvidas todas as questões entre a transportadora e as autoridades francesas.
Como acontece em cada um desses eventos a equipe de proteção radiológica da INB e a Polícia Rodoviária Federal acompanharão o transporte e o monitorarão, para garantir que toda a movimentação da carga se realize de forma segura e de acordo com todas as normas nacionais e internacionais, não trazendo quaisquer riscos para a população e o meio-ambiente.
Helena Beltrão
Assessora de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.