Norte Energia garante descarte correto do lixo nas comunidades de Belo Monte

O tratamento e a destinação dos resíduos sólidos das comunidades Leonardo da Vinci, Belo Monte e Bananal, em Vitória do Xingu, sudoeste paraense, agora têm destino correto. Todo o lixo domiciliar produzido nessas localidades está sendo encaminhado para o aterro sanitário municipal, construído pela Norte Energia na sede de Vitória do Xingu.

 

Prevista no Projeto Básico Ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte, a obra interrompe um ciclo histórico de falta de saneamento nessas comunidades.

 

A infraestrutura criada nessas áreas é resultado dos investimentos da Norte Energia na região. Com as ações socioambientais realizadas pela Norte Energia, empresa que constrói a usina, os moradores da zona rural de Vitória do Xingu recebem benefícios básicos como escolas novas e equipadas, unidades de saúde próximas da comunidade, água encanada e esgoto tratado.

 

Obras construídas com recursos da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que antes mesmo de gerar energia já garante desenvolvimento para a região onde está sendo construída.

 

 

Aterro Sanitário de Vitória do Xingu foi entregue em setembro de 2013 pela Norte Energia.

Crédito: Arquivo Norte Energia

 

Em Belo Monte do Pontal – ANAPU, comunidade vizinha ao principal canteiro de obras da usina, os resíduos sólidos são destinados ao aterro sanitário construído na área do canteiro de obras do sítio Belo Monte. Separado, o lixo é acomodado em células impermeabilizadas, para evitar contaminação do solo.

 

No aterro, o resíduo é compactado ecoberto, impedindo a proliferação de animais. O trabalho social acompanha ações educativas de incentivo à reciclagem e uso consciente dos recursos naturais.

 

São mudanças significativas na vida dessas comunidades, segundo o gerente de fiscalização de obras da Norte Energia, Danilo Queiróz.

 

“A Norte Energia trouxe para as comunidades de Belo Monte e Belo Monte do Pontal água tratada, a partir de poços artesianos profundos, redes de água e esgoto tratado, drenagem de águas pluviais profundas e superficiais e pavimentação das ruas. Com certeza, podemos afirmar que estas comunidades estão entre as poucas cidades do país com qualidade de vida e saúde ao alcance”, disse Queiróz

 

http://norteenergiasa.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.