Ministro Marcelo Crivella apoia evento da ABIDES. “Desafios Energéticos do Sul-Fluminense 2012-2025”

Ministro Marcelo Crivella apoia evento da ABIDES.
“Desafios Energéticos do Sul-Fluminense 2012-2025”

ABIDES

Em audiência no dia 29 de fevereiro, o Presidente da ABIDES, Engenheiro Everton Carvalho, acompanhado pelo Vereador Pastor Monteiro de Jesus do Município de Barra do Pirai, recebeu apoio do Senador Marcelo Crivella que naquele dia foi nomeado Ministro da Pesca pela Presidenta Dilma Rousseff. Na ocasião o Ministro Crivella prestou apoio ao evento “Desafios Energéticos do Sul-Fluminense 2012-2025″promovido pela ABIDES, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Energia do Estado do Rio de Janeiro e pela IREO (Intergovernamental Renewable Energy Organization), organização ligada às Naçoes Unidas.

O evento será realizado nos dia 24 e 25 de maio de 2012 no espaço de eventos da AMAN/Resende e conta com o apoio do Jornal O Globo, diversas empresas regionais e de energia do Estado do Rio de Janeiro e das prefeituras de Resende, Itatiaia, Volta Redonda, Barra Mansa, Porto Real entre outras.

A Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro elaborada pela Secretaria de Energia do Estado do Rio de Janeiro em 2008 delineou o perfil e as tendências do setor energético do nosso estado. A Matriz levantou dados relevantes do panorama setorial e apontou projeções até o ano de 2020. Para o setor industrial projeta-se um crescimento médio anual da demanda de energia em 5.56% a.a., partindo de um consumo de 4.666,0×103 tep em 2008 para 8.928.5×103 tep em 2020. Os energéticos mais demandados em 2008 foram o Gás Natural Seco (31.32%), o Coque de Carvão Mineral (31,21%) e a Energia Elétrica (20.06%), perfil este que se mantém nas projeções até 2020.

Por outro lado a dinâmica do desenvolvimento econômico da Mesorregião Sul-Fluminense adquiriu um ritmo acelerado com implantações de novas indústrias e mega-projetos de infra-estrutura e logística em fase de implantação. O aceso aos grandes portos da Região Sudeste (Rio de Janeiro, Santos, Vitória, Itaguaí e Angra dos Reis) através da Via Dura e Ferrovias transformou a região, em conjunto com fatores ligados à facilidade de acesso a matérias prima, em um celeiro de novos empreendimentos industriais e comerciais. Anúncios da instalação de grandes grupos como a Michellin (expansão) e Hyundai em Itatiaia e Renault-Nissan em Resende, atestam esta tendência expansionista da industria regional.

A construção do Arco Rodoviário do Rio de Janeiro irá criar mais uma interação com o Grande Rio, favorecendo o fluxo de mercadorias e serviços produzidos no Sul-Fluminense. Dentro desta nova realidade promissora, surge a necessidade de garantir a qualidade do abastecimento energético da região no médio e longo prazo de modo a assegurar estabilidade as empresas em termos de garantia energética. Neste sentido, as instituições da sociedade civil, do empresariado e gestores públicos da Região Sul-Fluminense decidiram realizar o evento: Desafios Energéticos do Sul-Fluminense 2012-2025

Objetivos do Seminário

• Atualizar as projeções energéticas para a Mesorregião Sul-Fluminense a partir da Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro.
• Apresentação das demandas de caráter energético do setor produtivo.
• Discutir soluções visando à melhoria da qualidade do fornecimento de energia.
• Identificar e incentivar a instalação de novos empreendimentos industriais, serviços, infra-estrutura e logística considerando as demandas associadas de energia.
• Divulgar o Planejamento Energético Regional com o objetivo de dar transparência à segurança energética da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.