Mercúrio de garimpos ilegais contamina índios Yanomami

 

contaminação por mercúrio

 

A retomada dos garimpos ilegais na Terra Indígena Yanomami, em Boa Vista, Roraima, está ameaçando o meio ambiente e as populações de índios locais.

De acordo com pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz na região, o consumo de peixes contaminados pelo mercúrio utilizado na extração do ouro é a principal causa do envenenamento dos índios.

Hoje na aldeia de Aracaçá, por exemplo, 92% das pessoas apresentam índice de mercúrio no organismo acima do limite indicado pela Organização Mundial de Saúde – OMS.

O estudo foi conduzido pela Fiocruz e pelo Instituto Socioambiental – ISA, com a participação do Laboratório de Química da PUC/RJ, por solicitação da Hutukara Associação Yanomami – HAY.

Leia a reportagem completa.

Confira abaixo entrevista com os pesquisadores da Fiocruz Paulo Basta e Cláudia Vega, realizada pelo Instituto Socioambiental – ISA:

 

 

Com informações do Instituto Socioambiental – ISA.

Da Agência Fiocruz de Notícias – AFN *

in EcoDebate, 08/04/2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.