Dados comprovam que União Européia pode concretizar os cortes de 30% nas emissões

Dados comprovam que União Européia pode concretizar os cortes de 30% nas emissões
por Fabiano Ávila*, do CarbonoBrasil
A meta de subir de 20% para 30% a redução nas emissões de gases do efeito estufa na Europa até 2020 é possível se os países alcançarem seus objetivos de eficiência energética, de acordo com a matemática da própria Comissão Climática.
A certeza de que é possível alcançar os 30% veio do Low Carbon Roadmap, relatório que descreve as políticas climáticas até 2050. Analisando o documento, ambientalistas do WWF e do Friends of the Earth descobriram contradições nos números apresentados que se corrigidas demonstram que um corte mais ambicioso nas emissões é viável.
“É uma prova de que a Europa pode adotar os 30% domesticamente, sem precisar considerar cortes vindos de créditos do MDL em outros países. E quem afirma isso não somos nós, as ONGs, e sim um documento oficial da Comissão Climática”, explicou Brook Riley, da Friends of the Earth.
Porém, segundo o Portal EurActiv, nenhuma autoridade irá assumir isso publicamente, pois ainda existe muita discussão política sobre as metas.
Oficialmente, a Comissão Climática deseja um corte de 25% até 2020, contando com uma melhora na eficiência energética de 20%.
Já o Comissário de Energia, Günther Oettinger, quer manter o corte de 20%, pois teme a fuga de indústrias da União Européia para outros países, principalmente para a Ásia.
*Publicado originalmente no Instituto CarbonoBrasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.