COMPOSTAGEM DE RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS – CUIABÁ

O Brasil produz 241.614 toneladas de lixo por dia, onde 76% são depositados a céu aberto, em lixões, 13% são depositados em aterros controlados, 10% em usinas de reciclagem e 0,1% são incinerados. Do total do lixo urbano, 60% são formados por resíduos orgânicos que podem se transformar em excelentes fontes de nutrientes para as plantas.

Portanto, eliminar, reduzir ou mitigar a deposição do “lixo orgânico”, e ainda mais, transformar este lixo em adubo é um importante passo que cada cidadão pode dar rumo à sustentabilidade do País e do Planeta.

comp03

Num mundo em transformação com destaque para as mudanças climáticas e a necessidade de produção de alimentos saudáveis, a compostagem (1) de resíduos orgânicos com fins de produção de adubo, principalmente voltados para a produção de alimentos orgânicos é uma contribuição que cada um de nós pode dar na promoção do desenvolvimento sustentável, preservação da natureza e melhoria da nossa qualidade de vida.

Dentro deste cenário a ABIDES, em parceria com o Centro Cultural de Visconde de Mauá, Resende, Rio de Janeiro, desenvolveu uma iniciativa de compostagem urbana, a partir de 2013, que hoje se transformou em realidade com dezenas de “Composteiras de Tela” residências e coletivas instaladas.

comp01  comp02

A ABIDES – MT esta iniciando a formulação de um Programa de Compostagem Urbana em Cuiabá e já há um primeiro experimento em andamento em uma residência da cidade, que servirá de base para a formatação do nosso projeto final, que será apresentado à sociedade cuiabana e potenciais parceiros.

COMPOSTEIRA EXPERIMENTAL DE TELA REVESTIDA – CUIABÁ

010011

012

As etapas básicas para a utilização correta da composteira são:

  1. Montagem da composteira cilíndrica de tela revestida;
  2. Colocação da primeira camada formada por materiais secos e palhosos, como capins, cortes de grama, folhas varridas etc;
  3. Diariamente, os resíduos orgânicos crus da cozinha são lançados sobre a camada de palha que cobre o lixo depositado no dia anterior.
  4. Cobertura dos resíduos orgânicos com palha (deve-se manter uma reserva de palha) e assim sucessivamente num período de aproximadamente três meses o adubo orgânico estará disponível.

O composto orgânico pode ser utilizado em todos os cultivos e plantas melhorando a qualidade do solo, reduz a contaminação e poluição ambiental; estimula o exercício à cidadania pela contribuição na diminuição do lixo destinado aos aterros sanitários; economiza espaços físicos em aterros sanitários; recicla os nutrientes e elimina agentes patogênicos dos resíduos domésticos e tem como grande benefício estimular o plantio de hortas e a produção de alimentos orgânicos.

PROJETO REDUZO LIXO – CUIABÁ (LANÇAMENTO EM BREVE)

Autor: Eng. Everton Carvalho – Presidente da ABIDES (evercar123@yahoo.co.uk)

(1) A compostagem é o processo de decomposição e estabilização biológica dos substratos orgânicos sob condições que favorecem o desenvolvimento de temperaturas termofílicas que resultam da produção biológica de calor. Para os autores a compostagem é um processo de oxidação biológica através do qual os microrganismos decompõem os compostos constituintes dos materiais liberando dióxido de carbono e vapor de água. Apesar de ser considerada pela maioria dos autores como um processo aeróbio, a compostagem é também referida como um processo biológico de decomposição aeróbia e anaeróbia, sendo realizada em sua quase totalidade por processos aeróbios. Carlos Eduardo P. Cerri. Emídio Cantídio Almeida de Oliveira, Raul Henrique Sartori, Tiago B. Garcez
USP / Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.