COMPAM retoma a criação de um Parque Municipal junto a Barragem do Santa Bárbara – RS.

 

Vista leste da área que se pretende transformar em Unidade de Conservação.  Foto; Antonio Soler/CEA.

 

Vista leste da área que se pretende transformar em Unidade de Conservação. Foto; Antonio Soler/CEA.

 

Em sua reunião ordinário do mês de junho, realizada ontem, 09.06, o plenário do Conselho Municipal de Proteção Ambiental – COMPAM, órgão máximo da política ambiental municipal aprovou por unanimidade o uso de recursos financeiros do Fundo Municipal de Proteção e Recuperação Ambiental – FMAM,  para dar inicia criação de um Parque Municipal juto a Barragem Santa Bárbara.

 

Desde a década de 90 o COMPAM vem pautando a questão, inclusive considerando a possibilidade de ser criado um Jardim Botânico.

 

Conforme o deliberado por unanimidade, inicialmente, uma área de aproximadamente 30 hectares, a beira da barragem Santa Barbara, será transformada em Parque Municipal, com o objetivo de proteção da flora e fauna nativa e de parte do curso do Arroio Santa Barbara, cuja águas são a principal fonte de abastecimento público do município de Pelotas.

 

O COMPAM pretende liberar em torno de 100 mil reais para Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural – SDR, proprietária de uma área de aproximadamente 60 hectares junto a barragem em questão, para dar inicio ao processo de criação do Parque.

 

Contudo, após analise do projeto pelo Comitê Gestor do Fundo – CG/FMAM, o COMPAM recomendou a SDR que, para a liberação dos recursos pretendidos, é necessário que o governo municipal demonstre cabalmente quais medidas irá tomar para garantir as demais diligencias subsequentes para transformar a área em Parque e garantir seu uso público com proteção ambiental.

 

Na referida reunião ordinária, também foi aprovado um projeto da Centro de Estudos e Pesquisas – CEADI, intitulado REconstruindo: do lixo à esperança, que visa “reaproveitar e a destinar adequadamente os resíduos eletrônicos, levando à comunidade conhecimentos e noções básicas de reciclagem, coleta e armazenagem”, no valor de aproximadamente 200 mil reais que sairão do FMAM.

 

O FMAM foi criado a partir de uma proposta do CEA e conta hoje com aproximadamente 2 milhões e 100 mil para projetos de criação e gestão de Unidades de Conservação, entre outros linhas de financiamento, como Educação Ambiental.

 

Reunião Ordinária do COMPAM, em 09.06.14, que aprovou as primeiras medidas para criação de um Parque Municipal junto a Barragem Santa Bárbara. Foto: Antonio Soler/CEA

 

Reunião Ordinária do COMPAM, em 09.06.14, que aprovou as primeiras medidas para criação de um Parque Municipal junto a Barragem Santa Bárbara.

 

Foto: Antonio Soler/CEA

Data:  10 junho 2014

http://ongcea.eco.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.