Comitê Rio 2016 anuncia o seu orçamento para a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

Rio de Janeiro, Brasil: 23 de janeiro, 2014

 

O orçamento do Comitê Rio 2016 para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro é de R$ 7 bilhões. Os recursos virão da iniciativa privada, na forma de patrocínios, venda de ingressos, licenciamento e do repasse de verbas do Comitê Olímpico Internacional – COI.

 

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, em sua sede, o Comitê Rio 2016 anunciou também que dados relativos às finanças e à organização dos Jogos estão disponíveis ao público no www.rio2016.com/transparencia.

 

“A nossa obrigação com o Rio de Janeiro, com o Brasil e com a comunidade esportiva é realizar Jogos memoráveis, pois estamos falando da maior celebração do esporte mundial. Estamos conduzindo a missão de planejar e organizar os Jogos com responsabilidade”, afirma o presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman.

 

O orçamento apresenta a previsão de todas as receitas e despesas do Comitê Rio 2016. Os cálculos partem do total dos recursos privados estimados no dossiê de candidatura, elaborado em 2008.

 

Esse valor, de R$ 4,2 bilhões na época, foi atualizado com base no IPCA, uma variação de 31,89%, e representa hoje RS$ 5,5 bilhões.

 

Além disso, foram incluídas despesas surgidas após a vitória do Rio, como a entrada de quatro esportes no programa dos Jogos – Rugby, Golfe, Paracanoagem e Paratriatlo,  definidos pelo COI e pelo Comitê Paralímpico Internacional.

 

A evolução tecnológica, as exigências de novas legislações, os custos de usufruto e retrofit da Vila Olímpica e o crescimento médio dos salários no Rio em taxas superiores à inflação também contribuíram para o total dos R$ 7 bilhões.

 

Os Jogos Rio 2016 reúnem 65 Campeonatos Mundiais Olímpicos e Paralímpicos, com a participação de 16 mil atletas e de delegações de 204 países, 4.500 oficiais técnicos, 70 mil voluntários e mais de 25 mil profissionais de imprensa, cuja logística de acomodação, alimentação e transporte é de responsabilidade do Comitê Rio 2016.

 

Na divulgação do orçamento, o Comitê Rio 2016 reafirmou o compromisso com o equilíbrio entre receitas e despesas.

 

“Os bons resultados alcançados com patrocínios e licenciamento nos permitem prever uma receita privada capaz de cobrir as despesas apresentadas no orçamento que divulgamos hoje”, afirma Sidney Levy, diretor geral do Comitê Rio 2016.

 

O diretor geral explica que o orçamento apresentado nesta quinta-feira é fruto de um trabalho extenso, que envolveu todas as áreas do Comitê Rio 2016.

 

“Fizemos uma avaliação criteriosa item por item do orçamento, para conseguir equilibrar as despesas já previstas e atender às novas necessidades que foram impostas ao projeto. Trabalhamos para não haver verba pública dentro do Comitê”, conclui Sidney Levy.

 

Sobre o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

 

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 é uma associação civil de direito privado, com natureza desportiva, sem fins econômicos, formada por Confederações Brasileiras Olímpicas, pelo Comitê Olímpico Brasileiro e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

 

Sua missão é promover, organizar e realizar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, seguindo as diretrizes do Contrato da Cidade-Sede, do Comitê Olímpico Internacional, do Comitê Paralímpico Internacional – IPC, na sigla em inglês,  e da Agência Mundial Antidoping, e respeitando a legislação brasileira, a Carta Olímpica e o Manual de Regras do IPC.

 

Os patrocinadores Olímpicos mundiais que apoiam os Jogos Olímpicos Rio 2016 e os Comitês Olímpicos Nacionais de todo o mundo são Coca-Cola, Atos, Dow, GE, McDonald’s, Omega, Panasonic, Procter and Gamble, Samsung e Visa.

 

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 têm cinco parceiros comerciais de nível 1 (patrocinadores oficiais) – Bradesco, Bradesco Seguros, Claro, Embratel e Nissan. Já foram concluídas também cinco parcerias de nível 2 (apoiador) – Cisco, EY, Sadia, Batavo e Skol. Já foi concluída uma parceria de nível 3 (fornecedor) – Nike.

 

Os Jogos Paralímpicos Rio 2016 têm sete parceiros comerciais de nível 1 (patrocinadores oficiais) – Atos, Bradesco, Bradesco Seguros, Claro, Embratel, Nissan e Omega. Já foi concluída também uma parceria de nível 2 (apoiador) – Sadia.

 

Mais informações:

 

Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

www.rio2016.com

Relações com a Imprensa imprensa@rio2016.com

 

Tels.: (21) 2016-5827 / (21) 2016-5228

 

https://workflow.comunique-se.com.br/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.