Casal constrói condomínio de contêineres em Porto Alegre

 

conteineres-ecod.jpg

Aqui no EcoD nós já mostramos uma série de empreendimentos que utilizam contêineres em sua construção, uma alternativa que além de estimular a reutilização dessas estruturas, também costuma ter um preço mais acessível em relação às edificações convencionais.

Ao pensar nisso, o casal de empreendedores Mário Cesar Lobo e Lígia Saldanha construíram um condomínio feito de contêineres na Rua Vidal de Negreiros, no bairro São José, em Porto Alegre.

De acordo com o ZH Pelas Ruas, dentro de oito dessas caixas gigantes de metal que outrora transportaram cargas, foram construídos 16 quitinetes de 14 m², com quarto, banheiro e cozinha privativos.

Para o calor não fritar os inquilinos, os contêineres foram revestidos com uma manta térmica e acústica e receberam aparelhos de ar-condicionado.

O empreendimento foi lançado em dezembro e, até então, dois dos apartamentos foram alugados.

Para comprar e transformar cada um dos oito contêineres, Lígia e Mário investiram cerca de R$ 40 mil reais

Já é até comum ver essas caixas de aço abrigando lojas e outros estabelecimentos no Brasil, mas a ideia de fazer delas um lugar para morar veio do outro lado do oceano.

O casal chegou até a viajar para Amsterdam, capital da Holanda, para visitar uma vila com mil desses apartamentos de metal.

Bem como a iniciativa dos porto-alegrenses, o condomínio europeu foi construído com foco nos estudantes.

Tendência mundial
Lígia destaca que, além de ser uma forma mais barata de construir, há uma tendência mundial por moradias sustentáveis.

Ela lembra que os contêineres são reutilizados e produzem menos entulho que as construções convencionais. E o negócio não deve parar por aí.

No mesmo condomínio, o casal pretende construir mais 22 novos quitinetes até o final do ano, em três andares.

Para comprar e transformar cada um dos oito contêineres, Lígia e Mário investiram cerca de R$ 40 mil reais.

Os quitinetes serão alugados por semestre, ao custo de R$ 890 mensais.

 

http://www.ecodesenvolvimento.org/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.