Brasil possui a maior diversidade de plantas do mundo

 

 

Botânicos registram 46 mil espécies e identificam em média 250 por ano no Brasil.

 

Depois de sete anos de trabalho, um grupo de 575 botânicos do Brasil e de outros 14 países concluiu a versão mais recente de um amplo levantamento sobre a diversidade de plantas, algas e fungos do Brasil, agora calculada em 46.097 espécies. Quase metade, 43%, é exclusiva (endêmica) do território nacional.

O total … Ler mais

Leia mais

Água do mar: segurança hídrica

Água do mar pode dar segurança hídrica para grandes cidades, diz diretor da ANA.

 

BAÍA

 

O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas – ANA, Vicente Andreu, disse que é preciso considerar a dessalinização da água do mar como fonte alternativa para a segurança hídrica das grandes cidades brasileiras, mesmo sendo uma tecnologia cara.

Andreu participou do seminário organizado pela ANA para o Dia Mundial da Água, celebrado ontem, dia … Ler mais

Leia mais

Manifesto dos Povos do Cerrado no Dia Mundial da Água

Cerrado, Berço das Águas

 

O Cerrado, “berço das águas” do Brasil, não só está ameaçado, como tem sido assassinado dia após dia. E se ele for extinto levará consigo a água que chega às torneiras, usada para beber, banhar, cozinhar, molhar as plantações, dar de beber aos animais…

Já imaginou a vida sem água? Impossível, não é? Então, se toda essa devastação continuar no Cerrado, terá fim o bioma e as principais fontes … Ler mais

Leia mais

Florestas são essenciais para o futuro e estabilidade do clima global

Declaração foi feita pelo secretário-geral da ONU para marcar o Dia Internacional das Florestas; Ban Ki-moon afirmou que habitantes de grandes cidades, como Rio de Janeiro, dependem das matas para obter parte da água potável.

 

Foto: FAO/Giulio Napolitano

Por Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

 

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que as florestas são “essenciais para a prosperidade futura do mundo e para a … Ler mais

Leia mais

Criado grupo de trabalho para atender população afetada por rompimento das barragens da mineradora Samarco

A catástrofe socioambiental provocada pelo rompimento de barragem da mineradora Samarco em Mariana (MG), no último dia 5/11, atingiu 663 km de rios, com a destruição de 1.469 hectares de terras, incluindo Áreas de Preservação Permanente (APP), apontou laudo técnico preliminar do Ibama

 

O Conselho Nacional dos Direitos Humanos criou um grupo de trabalho que vai atuar em favor da população afetada pelo rompimento, em novembro do ano passado, das barragens da mineradora Samarco, na Bacia do Rio Doce, que banha os estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

A instrução normativa que criou o grupo foi publicada ontem (21), no Diário Oficial da União.

O grupo será responsável por propor … Ler mais

Leia mais
Página 30 de 875« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.