PDE 2026 agrada novas renováveis, mas desaponta PCHs

PDE 2026 agrada novas renováveis, mas desaponta PCHs

Telhado-com-paineis-solares

As associações que representam os investidores em energia eólica e solar ficaram satisfeitos com a perspectiva de novos negócios trazida pelo Plano Decenal de Expansão 2026, apesar do documento ter um caráter meramente indicativo de como deverá se comportar a expansão da matriz energética no Brasil nos próximos dez anos.

O documento era esperado com ansiedade pelo mercado, uma vez que sua Ler mais

Leia mais

MME promete propostas concretas para o setor elétrico nesta semana

MME promete propostas concretas para o setor elétrico nesta semana

O Ministério de Minas e Energia deve divulgar ainda nesta semana propostas mais concretas para mudanças em estudo no setor elétrico, que podem integrar uma medida provisória em elaboração. A pasta divulgou ontem relatório com “princípios” para a reorganização do setor elétrico, que ficará em consulta pública por 30 dias.

Em evento ontem no Recife, o ministro de Minas e Ler mais

Leia mais

Mato Grosso apresenta grande potencial para geração de energia renovável

1-usina-biomassa

O último Balanço Energético de Mato Grosso, apresentado pelo governo local, que analisa a evolução da produção energética de 2009 a 2014, apontou que o estado é rico em fontes para a geração de energia limpa, entre elas a hidráulica, biomassa e solar, contudo, ainda esbarra em dificuldades de mercado para ampliar a produção.

O MT produz 100% de energia renovável, que é a proveniente de recursos naturais, como a Ler mais

Leia mais

Governo deve recorrer a financiamento externo para concluir Angra 3

Governo deve recorrer a financiamento externo para concluir Angra 3

O governo avalia que  terá de recorrer a capital estrangeiro para concluir as obras da usina nuclear de Angra 3, que estão paralisadas desde 2015. A situação do empreendimento será analisada pelo Conselho Nacional de Política Energética, em reunião marcada para a próxima quinta-feira, 8 de junho.

A primeira opção seria a contratação de financiamento e, se ele não for Ler mais

Leia mais

Intervenções no Rio Doce são insuficientes para conter processo erosivo provocado pelo desastre da Samarco

Intervenções no Rio Doce são insuficientes para conter processo erosivo provocado pelo desastre da Samarco (Fonte: EcoDebate)

trator_retirando_solo
Foto: Ibama

O Ibama divulgou na quarta-feira (03/05) a versão final do terceiro relatório da Operação Áugias, que realiza um diagnóstico das áreas atingidas pelo desastre provocado pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), e acompanha as atividades desenvolvidas pela Fundação Renova, criada pela mineradora Samarco e suas controladoras, Vale e … Ler mais

Leia mais
Página 1 de 87512345...102030...Última »
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.