Biblioteca Parque de Manguinhos – Primeiro Aniversário

Biblioteca
Biblioteca Parque de Manguinhos

Biblioteca Parque de Manguinhos – Primeiro Aniversário

No dia 29 de abril comemoramos o primeiro aniversário da Biblioteca Estadual Parque de Manguinhos.

O projeto da Biblioteca Parque de Manguinhos foi idealizado e implantado pela Secretaria Estadual de Cultura do Estado do Rio de Janeiro tomando por referência projeto semelhante realizado em Medellín, que em 2006 implantou uma Biblioteca Parque – uma biblioteca com um parque para que os leitores possam usufruir da leitura ao ar livre – com isto a cidade elevou o seu nível educacional, fator que contribuiu para a diminuição do índice de violência.

A biblioteca foi inaugurada no ano passado em Manguinhos, Rio de Janeiro, constituindo-se na primeira Biblioteca Parque brasileira, em um espaço de 3,3 mil metros quadrados, que sediava o antigo Depósito de Suprimento do Exército (1º DSUP) com investimentos de R$ 8.7 milhões do PAC. A área foi devidamente urbanizada, e se transformou no local de maior concentração de equipamentos sociais em uma comunidade carente da cidade; um complexo com 25 mil livros, ludoteca, filmoteca (900 DVDs), cinco TVs de LCD em salas de estudo, sala de leitura para portadores de deficiências visuais, acervo digital de música (três milhões de músicas em Mp3), cine-teatro, cafeteria, acesso gratuito à Internet (40 computadores) e uma sala denominada Meu Bairro, para que os usuários façam reuniões da comunidade. A biblioteca tem uma zona de influência que envolve diversas comunidades da Zona Norte do Rio de Janeiro como as favelas do Jacarezinho, Manguinhos, Mandela, Jacaré, Tuiuti, Barreira do Vasco, Arará e Jacaré, conjunto equivalente a uma população de 150 mil habitantes.

As edificações da biblioteca seguiram padrões de construção sustentável com o uso de amplas janelas de vidro para o aproveitamento da luz natural e teto alto de telhas de cerâmica, facilitando a climatização natural do ambiente. A inserção da biblioteca neste espaço social, onde se localizam várias favelas do Rio de Janeiro é uma ação positiva do Estado, ao prover um centro privilegiado de cultura, informação, educação e lazer.

A ABIDES vem participando das atividades desenvolvidas na biblioteca e na nossa visão, a biblioteca, por primar pela qualidade dos produtos e serviços oferecidos através de profissionais devidamente qualificados, preenche importante lacuna no processo de resgate da auto-estima das comunidades da área de influência da mesma e também se constitui em importante centro para o desenvolvimento de projetos de capacitação de crianças e adolescentes, propiciando a inclusão sócio-econômica desta população e criando condições para que organizações da sociedade civil que atuam na área aperfeiçoem suas atividades junto a grupos populacionais sob risco social.

A ABIDES é uma destas entidades, que tem por meta promover atividades e desenvolver ações educativas e culturais que incluam estas comunidades no processo de desenvolvimento sustentável da nossa cidade. Nossa intenção é estender nossas atividades desenvolvidas na Comunidade do Parque Arará para o espaço Biblioteca Parque de Manguinhos, levando elementos do nosso Projeto Saciarará, que envolve o movimento Hip Hop e a produção de produtos áudio-visuais. Contamos para isto com o apoio da Direção da biblioteca, de modo a aumentar o alcance e a eficácia das nossas ações de resgate social das crianças e dos jovens das comunidades da área.

No dia 29 de abril, aniversário da Biblioteca Parque Manguinhos, a ABIDES esteve representada por seu presidente Engenheiro Everton Carvalho, registrando essa conquista, com a presença de parceiros como a do líder cultural Luiz Cassiano, o Careca do Arará, do MC Papo Reto, do MC Legionário e do Comando Selva.
Produzimos o material áudio-visual abaixo que registra momentos importantes da comemoração.

[field name= aniversario/]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.