Balanço da Copa – Prefeitura promove ações e comemora sucesso no combate à sazonalidade

15 de July de 2014

copa

 

Presença de visitantes estrangeiros aumenta significativamente e Ubatuba entra no mercado de turismo internacional

 

A Prefeitura de Ubatuba colocou em prática uma série de ações para combater a sazonalidade do turismo durante a baixa temporada na cidade.

 

Com apoio de recursos liberados pelo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE), a equipe da prefeitura instalou um telão na Praça de Eventos para exibir os jogos da Copa e aproveitou para caprichar na estrutura da tradicional Festa de São Pedro, a maior em 92 edições.

 

Além disso, a cidade ainda contou com uma divulgação especial em diversos meios de comunicação, sobretudo na mídia televisiva.

 

Um balanço feito pela Secretaria de Comunicação após o fim dos eventos aponta que os dois principais objetivos das ações foram atingidos: os turistas brasileiros apareceram em bom número e o município abriu as portas para o turismo internacional.

 

Turismo Internacional

 

A Copa do Mundo e a presença de milhares de estrangeiros no Brasil abriu as portas de Ubatuba para o turismo internacional. A cidade soube aproveitar a oportunidade e o empresariado local comemora os resultados obtidos.

 

Nos últimos 30 dias, no famoso hotel Recanto das Toninhas, cerca de 25% dos quartos foram ocupados por famílias estrangeiras.

 

“Recebemos grupos de europeus, latino-americanos e norte-americanos. Eles elogiaram demais as belezas do município, a receptividade da nossa população e deram destaque para o telão e para a Festa de São Pedro”, disse Willian Felipe Oliveira, chefe de recepção do Recanto.

 

Proprietário da Padaria Integrale, João Carbisier conta que recebeu duas levas de estrangeiros. “Os primeiros chegaram e conheceram nossos produtos e pratos. Pouco tempo depois, recebemos outros estrangeiros, que vieram com indicação dos primeiros. Acredito que nosso cardápio, produzido em quatro línguas, tenha ajudado bastante”, afirma João.

 

Ainda de acordo com Carbisier, Ubatuba conta pela primeira vez com um trabalho efetivo de combate à sazonalidade. “Na minha opinião, esse trabalho precisa ser ampliado. Eventos tradicionais como a Festa de São Pedro ou esportivos, como os desafios que acontecem por aqui até o fim do ano, são o caminho, sobretudo pelo tipo de turistas que atraem”, completa.

 

Festa de São Pedro

 

A tradicional Festa de São Pedro Pescador de Ubatuba reuniu milhares de pessoas na Praça de Eventos da cidade entre o fim do último mês de junho e o começo deste mês.

 

O sucesso foi tão grande que os organizadores (Prefeitura e FundArt) decidiram estender as comemorações do santo padroeiro dos pescadores por mais uma semana, aproveitando o movimento com a Copa do Mundo do Brasil.

 

Turistas brasileiros e estrangeiros marcaram presença no evento, que exaltou a cultura caiçara e apresentou aos visitantes os costumes, as tradições e a culinária dos moradores locais.

 

Destaque para a Vila Caiçara e para a Barraca da Tainha. Destaque também para as apresentações artísticas e para os shows de música popular e de bandas regionais e locais que animaram o grande público presente.

 

Para o pescador Willian Felix França, o evento foi importante em vários sentidos. “Ele fortalece a Colônia Z-10 Ministro Fernando Costa, nossa entidade, e demonstra aos associados que ela participa diretamente da festa. O evento também é fundamental para manter vivas nossas tradições, inclusive para apresentá-las às nossas crianças, que estão afastadas delas pelo mundo moderno”, pontua Willian.

 

“Cumprimos nossa proposta de levar o pescador e o povo para dentro da festa. Para nós da Z10, foi um grande aprendizado ficar responsável pela barraca da tainha. Estamos muito felizes em ver o seu sucesso e a verba arrecadada vai ajudar bastante a gente. Gostaria de agradecer a prefeitura, a FundArt e a Comtur”, diz Jerry Eduardo Morais, representante da Colônia Z-10 Ministro Fernando Costa.

 

“Como a entrada é gratuita, consegui trazer toda a família para ver o show da banda Bicho de Pé. Aproveitamos e dividimos uma tainha na brasa. Estava deliciosa”, comenta a cozinheira Maria de Lurdes, moradora do bairro do Silope.

 

http://revistaecoturismo.com.br/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.