Agricultores familiares do RS participam de pesquisa com unidade geradora de energia eólica e fotovoltaica

 

Agricultores familiares do RS participam de pesquisa com unidade geradora de energia eólica e fotovoltaica

Foto: Paulo Lanzetta

 

A partir deste ano, agricultores familiares poderão gerar energia própria em seus estabelecimentos rurais. A possibilidade surge de um projeto desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA  e a Embrapa Clima Temperado.

 

Na primeira semana deste mês, foi instalada na instituição de pesquisa, em Pelotas/RS, uma unidade geradora de energia eólica e fotovoltaica, nas dependências da Estação Experimental Cascata- EEC.

 

Agricultores familiares do RS participam de pesquisa com unidade geradora de energia eólica e fotovoltaica

Foto: Paulo Lanzetta

 

Essa estação de energia tem uma capacidade de gerar 2000 watts, o que significa, o mesmo que acender 20 lâmpadas incandescentes de 100 watts.

 

Agricultores familiares do RS participam de pesquisa com unidade geradora de energia eólica e fotovoltaica

Foto: Paulo Lanzetta

 

Segundo o pesquisador Carlos Reisser Júnior, um dos responsáveis pela implantação do projeto, as estações serão monitoradas por um ano, e após esse período, o agricultor poderá ter à disposição uma energia a mais gerada na sua propriedade.

 

“O dia em que a pesquisa avançar em estudos sobre os custos de funcionamento da usina de energia, sendo viável ao agricultor, ele terá uma fonte de renda com a energia excedente”, explicou.

 

O monitoramento das estações vai avaliar três condições: o rendimento dos equipamentos, o consumo e a relação das condições climáticas na geração de energia.

 

Serão instaladas, ainda neste ano, outras usinas a serem monitoradas no Campus CAVG/IFSul, em Pelotas, e numa comunidade quilombola, em São Lourenço do Sul. Haverá ainda estações em pequenas propriedades nos municípios gaúchos de Candiota, Santa Cruz do Sul e Seberi.

 

Essa ação veio atender uma solicitação do Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA  em reunião técnica com o tema Energia Renovável na Agricultura familiar, realizada no final de de dezembro de 2013, na Embrapa.

 

Nesse encontro foram discutidas possibilidades para que o agricultor seja um gerador de energia renovável, propondo um diagnóstico das dificuldades de produção e um planejamento de como dar condições ao agricultor familiar de ser auto-gerador de energia.

 

A atividade conta com o envolvimento do IFSul e da Universidade Católica de Pelotas – UCPel.

 

Por Cristiane Betemps e Laco Afonso, da Embrapa Clima Temperado

 

EcoDebate, 18/02/2014

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.