Ação conjunta na Amazônia

Ações de combate à degradação da região amazônica fizeram parte de debate promovido pelo Ministério do Meio Ambiente – MMA.

Nesta segunda-feira – 30/07, representantes dos governos federal e estaduais discutem iniciativas no workshop Estratégias Conjuntas para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal.

Realizado no auditório Parlamundi, em Brasília, o evento visa a promover a troca de experiências e ouvir os representantes das administrações estaduais.

O objetivo do encontro é garantir uma estratégia de atuação conjunta entre as diferentes esferas governamentais e promover um nivelamento no âmbito dos Planos Estaduais de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal.

Fazem parte da pauta do workshop a apresentação dos desafios enfrentados e as perspectivas para o futuro e a discussão de um modelo de governança que tem, como ponto de partida, as demandas de cooperação apresentadas.

A participação dos governadores da região no combate ao desmatamento é umas das principais alternativas apontadas pelo gerente do Departamento de Coordenação do Sistema Nacional de Meio Ambiente – SISNAMA, Eduardo Mattedi.

“Há um fortalecimento crescente do papel dos estados nesse processo”, afirmou. “Essa é uma forma de ver concretamente quais são as questões que geram conflitos.”

REDUÇÃO

Em implantação desde 2004, o Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal – PPCDAm se encontra na revisão da terceira fase e é um dos responsáveis pela redução de 77% do desmatamento observado na região.

Para estimular o processo de cooperação, a partir de 2009 o MMA passou a incentivar e apoiar a elaboração de Planos Estaduais de Prevenção e Controle do Desmatamento nos nove estados da Amazônia Legal.

A diminuição do desmatamento foi comemorada pelo presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, Volney Zanardi.

“Estamos bastante felizes com a redução verificada”, explicou. “Temos uma agenda extremamente positiva pela frente”.

Para o presidente do Fórum dos Secretários de Meio Ambiente da Amazônia Legal, Vicente Falcão, o assunto é prioridade para os governos locais. “Essa é uma pauta de todos”, ressaltou.

“É importante interiorizar as ações e intenções para combater o desmatamento”.

Da Assessoria de Comunicação do MMA.

30 de julho de 2012

www.amarnatureza.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.