ABEMA discute CAR

 

O Cadastro Ambiental Rural – CAR  foi discutido na noite desta terça-feira, dia 27/11, durante a 61ª Reunião Ordinária da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente – ABEMA, no Hotel Comfort Suítes, em Brasília.

 

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, fez um breve relato de como está o processo de regularização ambiental aos integrantes da entidade.

 

Também participaram da reunião o secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Paulo Guilherme Cabral, e o presidente do Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, Volnei Zanardi.

 

“Estamos vivendo um novo momento, um momento histórico, com a implantação do CAR no país, o que irá garantir a regularização de mais de cinco milhões de imóveis rurais, e o nosso objetivo de finalizar esse processo até 2014”, disse a ministra aos membros da ABEMA.

 

Para ela, por meio da interlocução com entidades, associações e sociedade em geral, o processo de regularização ambiental está sendo o mais democrático possível, com capilaridade, ouvindo todos os envolvidos e respeitando as especificidades estaduais e regionais.

 

“Por isso a importância de encontros como este, para podermos ouvir as necessidades estaduais e tentar buscar, a partir daí, uma regularização ambiental democrática e justa”, salientou.

 

PARTICIPAÇÃO

 

 

Izabella destacou, ainda, o papel da Abema no processo de cadastramento ambiental rural, que já se desdobra efetivamente a partir do início de 2013.

 

“Neste momento a associação aqui representada por vocês terá papel fundamental no CAR, por isso a necessidade de amplificar esses debates e levar tudo o que está sendo discutido à realidade dos estados que vocês representam”, disse.

 

Para isso, destacou a necessidade de se buscar parcerias, tanto públicas quanto com a sociedade civil organizada, para garantir o sucesso da implantação do cadastramento, de modo que o MMA articule cooperações com entidades representativas do setor produtivo em âmbito nacional.

 

Por fim, a ministra ressaltou a expectativa do governo de firmar o mais rápido possível Acordos de Cooperação Técnica com os Estados, parceiros do Ministério do Meio Ambiente e responsável pela implantação do cadastramento ambiental rural, por meio dos órgãos de meio ambiente.

 

“Em agosto assinamos o acordo com o RJ e amanhã assinaremos com mais 11 Estados, a minha expectativa é que todos os Estados firmem acordos com o MMA o mais rápido possível”.

 

Por meio desses acordos, os Estados recebem imagens de satélite, fundamentais para o processo de regularização ambiental, além de capacitação e suporte técnico para unificação de todas as informações relacionadas aos imóveis rurais em único sistema base, o Sistema de Cadastramento Ambiental Rural – CAR, em fase final de elaboração pelo IBAMA.

 

Da Assessoria de Comunicação do MMA.

 

www.amarnatureza.org.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.